O Poder das Plantas no Tratamento de Doenças

By Editor
In Útil
ago 7th, 2018
0 Comments
56 Views

A crença de que plantas são usadas para tratar pessoas é o coração da fitoterapia tradicional. Nela o corpo é dividido em partes, em órgãos e tecidos, e então encontra-se uma planta ou erva para o tratamento de doenças específicas e aliviar certos sintomas.

Esta é uma diferença fundamental entre a medicina alopática e os sistemas mais tradicionais em todo o mundo.

A fitoterapia tradicional, como quase todos os sistemas tradicionais de medicina, trata os desequilíbrios subjacentes no corpo que, acredita-se, causam doenças. Herbalistas usam medicamentos feitos a partir de plantas inteiras que, com sua complexa mistura de propriedades, acredita-se ser a maneira mais eficaz de abordar esses desequilíbrios.

O tratamento feito a partir de plantas medicinais não fazem isso rápido, e não fazem isso da noite para o dia, mas afetam o corpo de maneira positiva no caminho do bem estar.

As diferenças entre tratamentos convencionais e através das plantas não são apenas sobre química. O herbalismo tradicional baseia-se na crença de que a cura surge em parte por encontrar a planta certa, ou combinação de plantas, para um indivíduo em particular. Como isso acontece é, em parte, uma questão dos constituintes químicos nas plantas, mas também de como ela funciona em nossos corpos.

Muitos herbalistas diferentes escrevem e ensinam sobre plantas que curam. O eBook Plantas Medicinais: Sabedoria Milenar é um bom lugar para começar aprender sobre como tratar problemas de saúde usando as plantas.

Segue o link para você adquirir o livro








Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente pelo Facebook: